03/05/2011

Meu aconchego


"Calor em noites frias e quentes.
Corpos que se encaixam simetricamente.
Lábios com sabor de paixão.
Desejo incessante e borbulhante.
Sussurros gritantes.

E o tempo, esse não existe.
e nem todas as coisas lá fora.
Tudo o que importa é o aqui e agora. Nada mais.

E no fim, se é que se pode chamar assim, respiração ofegante e o abraço aconchegante que transmite toda a segurança do mundo.

E a noite segue mansa, misteriosa.
Nossa única testemunha."

3 comentários:

Vanilla disse...

Rah: Lindo demais!
Estou bem linda!
E vejo que você também, tira-se do último post tal impressão maravilhosa!
Um beijoo pra vc ;**

A.S. disse...

Belo, intenso, sensual... cada palavra é uma doce caricia!


Beijos,
AL

Desabafando disse...

hummmmmm