16/07/2011

Bem vindo de volta...




Sei que as coisas não irão acontecer de uma hora para outra.
Mas dentro de mim ainda existe uma fagulha de esperança em nós, e por isso ainda insisto, persisto, por isso aguentei isso tudo, de coração na mão, partido, sangrando, dormindo todos os dias torcendo pra acordar no outro dia e tudo ter passado.
Sei que o sentimento de certa forma ainda permanece aí, mas que também há este NOSSO sentimento aqui que cresce ao passar do tempo.
Eu o cultivo. Quero que cresça, floresça, se forlateça.
Nunca passei por situação parecida antes, e me pergunto porquê diabos agora consegui suportar tanta coisa que jamais suportaria.
Com toda certeza é porque o que sinto é forte.
Não é qualquer paixonitezinha.
Também não sei ao certo se é amor.
Acho que descubro isso com o tempo.

Estou me recuperando das quedas, que foram um pouco mais suportáveis por estar ao lado dos meus amigos.
E agora, por ter você de volta ao meu lado.
Ainda vai levar um tempo para estar por inteiro, eu sei.
Mas só de VOCÊ querer isso, já é um passo enorme.

Só sei que eu não consigo mais...
Não suportaria isso tudo de novo...
Não me faça passar por mais nada parecido.
Por mais sentimento que haja dentro de mim, meu coração não suporta.
Não consigo mais ficar juntando cacos.

Deixarei eles jogados ao chão, e seguirei meu caminho.

_______________________________________

"É tão pequeno diante de tudo o que sinto. Sofrer dói. Dói e não é pouco. Mas faz um bem danado depois que passa."

Caio Fernando Abre

Um comentário:

Dil Santos disse...

Rha menina, como está?
Humm sei bem como é isso e fico torcendo de coração pra q vc's sejam super felizes viu? rs
Ai menina, tava com saudade tbm e tá desculpada, eu tbm já passei por isso, rs. Tanto que escrevi, só não cheguei a postar, um dia quem sabe posto, rs.
Bjo querida