08/08/2009

Reflexão...




Estes dias que estive no hospital fiquei refletindo sobre minha vida, sobre as pessoas que tenho a minha volta...
Tive momentos de solidão.
Momentos em que lágrimas teimavam em cair e molhar o meu rosto.

Olhava para o mundo lá fora, tão distante.
Foram 17 dias sem "ver a cara da rua".
Comecei a perceber algo que já sabia mas não havia sentindo tanto na pele.
Como a vida da gente é frágil, é rápida..
Passei por tanta coisa que jamais imaginaria passar.
Depender dos outros como estava dependendo.
Me sentir sozinha como me senti.
Descobrir pessoas que gostam tanto de mim de um jeito que eu não imaginava.
E descobrir a consideração de outras que eu pensava que estariam sempre comigo e se preocupariam comigo que na verdade mostraram o contrário.
Perceber quem realmente é amigo, quem realmente se importa.
É tão triste você perceber que se engana com as pessoas!
Perceber claramente quem é amigo pra tudo e quem é amigo pra "baladas".
Descobrir que quando você mais precisa as pessoas se afastam..
Somem..
Dar valor a coisas simples do dia-a-dia que às vezes não percebemos ou não damos importância.
Estou chorando novamente escrevendo estas linhas.
Dói o peito, dói a garganta.
Dói o coração.
Solidão as vezes é necessário sim, mas neste momento é tão ruim!
Machuca..

Por causa disso tudo eu resolvi rever alguns conceitos.
Mudar.
É preciso!

Beijos, colegas!

6 comentários:

Carla disse...

É assim mesmo Rah..
Nas horas dificeis é que percebemos quem gosta da gente de verdade...
E saiba que tem muita gente que gosta muito de ti!

Beijos!

Rafael disse...

Nossa, que história, hein...
Li o seu post sobre o acidente, deve ter sido foda mesmo isso, essas operações todas...
Quando quebrei meu dedinho do pé, eu também não quis ir ao médico, pois não sabia que ele havia realmente quebrado. Como tinha apenas chutado um portal aqui de casa, achei que a dor não era nada de mais. Só que aí o meu dedo começou, uns dois dias depois, a ficar TODO roxo. Aí fiquei desesperado achando que meu dedo ia ter que ser cortado fora e etc...
(Ok, um besteira comparado com o que aconteceu com vc, mas enfim...)
Espero que fique td bem por aí...
Bjs

RaH disse...

hahaha... pois é Rafael..
É foda mesmo...
Mas é a vida ne!
Quanto ao seu dedinho, besteira não é.. rsrs
Mas olha só, eu NUNCA quebrei nada!
Braço,perna, dedo, pé.. nada!
Nunca nem destronquei..
Acho que foi pra compensar isso né?
rs
Obrigada..
Beijos!

Marcos disse...

Oi linda..
Isso que você escreveu me fez pensar..
É verdade mesmo isso..
As vezes a gente espera das pessoas mais do que elas são capazes de nos oferecer.
Mas você é uma pessoa especial e tem muita gente que te ama sim.
Beijão

Déia disse...

Linda, não é fácil passar por tudo isso!

Que bom que passou...

E amigos, valores, temos que rever algumas vezes...

Seremos ricos se enchermos 1 mão de amigos verdadeiros!

Um grande beijo e se cuida, viu?

Sare logo, e volte a ser 100%

bj

iPointeen disse...

Nossa, nunca passei por uma situação dessas e nem é preciso passar pra perceber quem é quem. As vezes por coisas simples voce ja percebe quem te ama e esta disposto a te ajudar.
E bom ver como as coisas são, obrigada por me dar a chance de parar e refletir. Beijos, melhoras ;*