30/09/2010

Feito Borboleta





Você pode ir embora e nunca mais ser a mesma.
Você pode voltar e nada ser como antes.
Você pode até ficar,pra que nada mude,mas aí é você que não vai se conformar com isso.
Você pode sofrer por perder alguém.

Você pode até lembrar com carinho ou orgulho de algum momento importante na sua vida: formatura,casamento, aprovação no vestibular ou a festa mais linda que já tenha ido,mas o que vai te fazer falta mesmo,o que vai doer bem fundo,é a saudade dos momentos simples:
Da sua mãe te chamando pra acordar,do seu pai te levando pela mão,dos desenhos animados com seu irmão,do caminho pra casa com os amigos e a diversão natural...

Do cheiro que você sentia naquele abraço,da hora certinha em que ele sempre aparecia pra te ver,e como ele te olhava com aquela cara de coitado pra te derreter.

De qualquer forma,não esqueça das seguintes verdades:
Não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma;

Cuidado com o que anda desabafando;
Conte até três (tá certo, se precisar, conte mais);
Antes só do que muito acompanhado;

Esperar não significa inércia,muito menos desinteresse;
Renunciar não quer dizer que não ame;
Abrir mão não quer dizer que não queira;
O tempo ensina, mas não cura.


[Martha M.]
____________________________

As vezes paro e olho para trás e vejo o quanto já mudei.
Digo que sou meio borboleta.
Sou metamorfose.
Quando vejo que algo não vai muito bem, me fecho em meu casulo para me transformar em outra borboleta e poder novamente "voar".
Estou bem hoje.
Sei que não será sempre assim, mas não penso nisso.
Quero pensar no agora.
Sinto necessidade de um Amor, e apesar de estar sentindo algo por alguém, ainda não estou vivendo isso.
Mas também não tenho tanta pressa.
O que tiver que acontecer vai acontecer. E o que não tiver... Bem, paciência.
A vida é assim mesmo.
E as coisas nem sempre acontecem como a gente gostaria.
Mas aí é que está a graça da vida. No inusitado.
Nas coisas que não esperamos, que não planejamos.
E estou aproveitando muito bem as coisas boas que a vida está me dando.
rá! =D

As lembranças serão sempre guardadas, as feridas já estão sendo cicatrizadas, as "dores" já são bem menores agora...
Não sei por quanto tempo isso irá durar, mas quero viver.
Estou bem comigo mesma, e procurando SEMPRE evoluir um pouco mais.
Estou cada dia aprendendo a gostar mais de mim.
E isto está me fazendo muito bem!

BeijO

26/09/2010

Oi tum tum, bate coração!




"Quis evitar teus olhos,
Mas não pude reagir.
Fico à vontade então!
Acho que é bobagem
A mania de fingir
Negando a intenção.

Quando um certo alguém
Cruzou o teu caminho
E te mudou a direção...

Chego a ficar sem jeito,
Mas não deixo de seguir
A tua aparição!

Quando um certo alguém
Desperta o sentimento,
É melhor não resistir..
E se entregar!

Me dê a mão,
Vem ser a minha estrela...

Complicação,
Tão fácil de entender!
Vamos dançar,
Luzir a madrugada...
Inspiração,
Pra tudo que eu viver!

Quando um certo alguém
Cruzou o teu caminho
E te mudou a direção...

Quando um certo alguém
Desperta o sentimento,
É melhor não resistir!
E se entregar!"

___________________________________

Um certo alguém está surgindo...
Não posso dizer já exista alguma coisa, mas que há uma sintonia, aaah, isto sim!
A gente não tem nada um com o outro, não ficamos, não nos beijamos.rs.
Sei que posso estar sendo precipitada, e estou tomando cuidado com isso.
Mas quando a gente se viu pela 1ª vez, alguma coisa aconteceu.
E eu sei que ele também "gostou" de mim, pois já me falaram isso.

A gente ta se conhecendo aos poucos...
Temos uma certa convivência, nos vemos 2 vezes na semana (ele faz natação comigo), então apesar de ser por pouco tempo, é muito bom este tempinho que a gente passa junto, o que conversamos, etc.
E sempre fico "mais alegre" nestes dias.
Como diz a raposa de "O pequeno príncipe": '- Se tu vens,por exemplo,às quatro da tarde,desde às três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando,mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas então,estarei inquieta e agitada:descobrirei o preço da felicidade!'

Não estou empolgada no sentido de ficar imaginando que ele sente o mesmo por mim ou não, que a gente vai ou não ficar junto, etc e tal...
Nisto estou me controlando exatamente para não sofrer, para não quebrar a cara.
Não posso contar com o que não tenho certeza, né?
Vou com cuidado, afinal, tenho minhas cicatrizes e sei o quanto meu coração é/está frágil ainda. Sei o quanto leva tempo para cicatrizar as feridas.

Mas estou "feliz", se assim posso dizer, por estar sentindo isso, por estar novamente sentindo essa sensação gostosa por alguém, sentindo o coração bater, a face ficar rubra, o sorriso que não sai do rosto enquanto conversamos...A ansiedade pelo encontro!

Algo que nos mostra que ainda estamos vivos.

Se irá acontecer alguma coisa daqui pra frente, só o tempo dirá.
Estou vivendo minha vida, aproveitando, saindo com meus amigos, conhecendo outras pessoas, me divertindo, e me deixando envolver com outras pessoas também.

Deixa rolar, deixa acontecer, deixa estar...!
___________________________________

"Sentir de novo o coração bater e a paixão acontecer..."

22/09/2010

Era um tempo bom.




Pensando no post anterior...
Quando éramos crinças, tantas vezes tínhamos pressa em crescer, não é?
E as coisas passam rápido. A vida passa tão rápido...
As pessoas seguem caminhos diferentes.
Os amigos, muitos se vão. Poucos ficam realmente.
Quando era criança o mundo parecia menos caótico, as pessoas menos egoístas, e tudo era mais “inocente”. Ou talvez nem era tanto assim...
Eu é que não enxergava, e que bom que não enxergava!



Por isso quando tiver um filho(a), quero que ele aproveite ao máximo. Nada de ficar enfiado dentro de casa só nos vídeogames, ou enchendo de cursos...
Vou deixá-lo (e desejo!) que brinque bastante, que faça muitos amigos, que seja escoteiro (foi uma das melhores fases da minha vida) e acampe muito, que leia livros, ande descalço, brinque na chuva, guarde o dente debaixo do travesseiro para a fada dos dentes, jogue amarelinha, garrafão, parisbola, 7 pecados capitais, mãezinha da rua e rouba-bandeira, que lambuze de sorvete, me peça “moedinha” para comprar algodão doce do moço que passa na rua vendendo... Ele(a) saberá sim que nem tudo na vida é fácil, que é preciso estudar e trabalhar para ter o que se quer, que é preciso respeitar as pessoas independente de serem mais velhas ou não, independente da classe social, cor da pele ou religião, e ouvirá de mim muitos nãos, assim como ouvi de meus pais.

Mas será uma criança feliz. Será acima de tudo CRIANÇA.


BeijO, criançaas!
:D

19/09/2010

Nostalgia da infância!



Tenho algumas boas lembranças de quando era criança.

Lembro de um aniversário de 4 anos (juro!) que meu tio/padrinho fez uma festa pra mim quando meu pai e avós paternos e ele moravam em Divinópolis. Meus pais já eram separados e eu ia pra lá de férias. Nessa festa eu estava com um lindo vestidinho amarelo rodado com um laço nas costas.. haha!

A casa cheeeeia de crianças... Na hora que estourou o balão de balas, eu, que era a aniversariante, tive que pedir ajuda pro meu pai porque não consegui pegar quase nenhuma. Lembro do meu pai agachado, perto de mim, com a mão cheia de balas enchendo meu copinho...

Apesar de não conhecer muita gente que estava na festa, estava rodeada de gente, era seguida pelas crianças, porque meu padrinho havia me dado um boneco do Cebolinha que dançava quando tocava alguma música ou quando batíamos palmas. Todo mundo queria ficar perto, “dançando” com o Cebolinha. rs.

Na época que meu pai morava em Divinópolis, ia pra lá de férias e minhas primas também iam e a gente ficava junto com meu pai e meu tio/padrinho deitadas no quarto assistindo TV e comendo salsicha. Ou brincando na horta da minha vó lá embaixo. Era a melhor coisa do mundo pra mim.

Uma das vezes que estávamos brincando na horta, uma casinha de marimbondo caiu e as 3 ficaram cheeeias de picadas. Hahahaha.... Minha avó ficou doida.

Era tão bom... Sempre que eu ia pra lá, meu avô encomendava uns 3 queijos, pois eu sempre fui apaixonada por pão com queijo frito! Mimos de avô...

Quando tinha 6 anos as lembranças boas de Divinópolis foram interrompidas, e acrescentadas a elas uma lembrança ruim, com a morte do meu tio/padrinho. Também não me esqueço deste dia. Mas prefiro não pensar muito nele...

Meu pai e avós mudaram então para Itabira. Já em Itabira lembro de ir quase que todo dia para o clube perto de casa, eu, minhas primas e uma amiga com quem mantenho amizade firme até hoje. Lembro da gente ligar na rádio pedindo músicas e mudando os nomes, para que o cara da rádio “não descobrisse” que éramos nós de novo. Rs.

Quando criança meu avô me comprava chocolate Laka todos os dias. E brincava fazendo caretas, contando piadas...

Lembro dos almoços em família!
Aaah os almoços... Minha prima que é 1 mês mais velha que eu, sempre derrubava o copo de refrigerante...A irmã dela, 1 ano e meio mais velha que nós, era a “advogada” do meu avô, defendendo inclusive nas coisas erradas. Haha...

Hoje não temos mais tanto contato...(é uma pena que as coisas tenham mudado tanto!)

As lembranças de Betim também são maravilhosas. Festas da família que é enorme!
Os primos reunidos... As brincadeiras... Os natais esperando “Papai Noel chegar”.

Saudades das brincadeiras que eram realmente brincadeiras de criança, nas ruas, de pés descalços...
Saudades dos desenhos! Que manhãs deliciosas...
Saudades dos brinquedos, das rodinhas de amigos jogando tazzo, trocando figurinha, brincar de boneca com a amiga, fazer roupinha pra barbie, cozinhar! haha...
Brincar na areia... Pegar abelhas...
Machucados que eram sarados com merthiolate que ardia, ou mercúrio que deixava todo laranjado.. rs.
Os dentes que caíam, ou eram arrancados e a gente corria para mostrar para a mãe e pra vó, que tem um monte guardado até hoje.. (coisa de vó! kkk)

São tantas lembranças...


Saudades de ser Criança..!


BeijO


"Todos têm uma criança alegre dentro de si, mas poucos a deixam viver."
( Augusto Cury )

"Só as crianças e os velhos conhecem a volúpia de viver dia-a-dia, hora a hora, e suas esperas e desejos nunca se estendem além de cinco minutos..."
( Mario Quintana )

16/09/2010

Tempo mano velho!




“O tempo e o silêncio são sábios. O tempo é a melhor saída para os problemas que parecem intransponíveis;
O silêncio faz quedar a mente e organiza o caos;
O tempo e o Silêncio são sábios, não ha nada que o tempo não cure ou não faça minimizar um sofrimento.”


Tempo...
Meu mano velho, meu amigo, companheiro, curador de feridas.
Graças a você me sinto melhor a cada dia que passa.
Algumas recaídas são inevitáveis, é verdade.
Mas você está sempre por aqui, para me mostrar que como Chico dizia, "Isso também passa".
E passa.

Obrigada.
_________________

BeijOs, queridos...

09/09/2010

Vamos fazer uma limpeza?




Há certos momentos em nossa vida em que precisamos abrir o nosso "sótão" para fazer uma limpeza, uma faxina.
Precisamos tirar de dentro de nós aquilo que já não serve mais, que por algum motivo mantivemos guardado por tantos anos, ocupando um grande espaço.
É preciso tirar a poeira, as teias de aranha...
Arrumar o que ficará ainda guardado, e jogar fora o que não precisamos.

Abrir espaço para coisas novas, para novas lembranças, novas emoções, novos sentimentos.




É sempre bom fazer uma faxinazinha, não é?

"São as lágrimas as responsáveis por limpar os seus olhos e permitir a você enxergar o que antes era impossível perceber."
_______________________________

BeijO!
Otimo fds...

05/09/2010

As vezes




As vezes sou menina que deseja um colo para chorar... Deseja proteção.
As vezes sou mulher, que deseja, simplesmente.
Que deseja um corpo, um abraço, um afago.

A noite em meu quarto, sou um ser que não sei dizer. Sinto.
Pensamentos vagueiam enquanto a noite passa. "Taquipsiquismo".
Mal acompanho.
Cenas da minha vida se misturam a cenas de uma vida que não tive, mas gostaria de ter.
O passado as vezes vem me visitar, e me deixa mergulhada em lágrimas...
Ou anestesiada, por não conseguir mais, de tanto chorar.
Já não sinto nem mesmo dor.
Então tento imaginar um futuro. É um futuro bom... Feliz.
Mas parece tão distante, tão impossível.

Melhor ficar no presente. Por mais que não seja tão bom como eu gostaria.
Sonhar é bom. Mas não se pode fugir da realidade.
A gente tem é que procurar mudar as coisas agora. Para que o amanhã seja melhor que hoje.
______________________________


Ps:esses dias estou em Sampa, para um congresso de psicologia.
Conhecendo melhor a cidade tb. E o pessoal que está comigo por tantas horas a semana inteira e a gente mal se fala... Está sendo bacana! Desculpem a demora...
ja ja passo pra deixar um beijinho pra cada um.


BeijOs