05/11/2013

Saudade sem pressa

Quanta saudade daqueles dias simples, das coisas simples,
Do tempo em que minhas maiores preocupações giravam em torno das provas (especialmente de matemática, e olhe lá!). 
Tudo bem, não era bem assim também....
Mas parecia ser.

Hoje tudo é tão mais intenso, mais cansativo, mais esgotante.
Pareço uma velha reclamona.
Mas sinto falta daqueles dias.

A gente tem tanta pressa em crescer e depois fica com vontade de voltar no tempo.