29/01/2011

Hugs!





"De repente , deu vontade de um abraço...
Uma vontade de entrelaço, de proximidade ... de amizade, sei lá !
Talvez um aconchego amigo e meigo, que enfatize a vida e amenize as dores ... que fale sobre os amores, seja afetuoso e ao mesmo tempo forte ...
Deu vontade , de poder ter saudade de um abraço.
Um abraço que eternize o tempo e preencha todo o espaço."

[MACEDO JUNIOR]


Tudo que você pensa e sofre
dentro de um abraço se dissolve...


___________________

Meu irmão passou muito mal estes dias...
Deu 9 crises convulsivas de 21h da quinta as 2h da manhã de sexta.
Corremos com ele pro hospital.
Fiquei desesperada. Chorei muito...
Pensei que iria perdê-lo naquela noite.
No caminho para o hospital, minha mãe ia dirigindo e a moça que trabalha aqui em casa na frente com ela e eu atrás, com meu irmão deitado no meu colo.
Minha mãe ultrapassava todos, pisca alerta ligado...
Nem queria saber de radares.
Ele deu 4 crises só no caminho.
No meu colo.
Eu ficava o tempo inteiro com a mão no peito dele verificando se o coração ainda batia e se estava respirando.
E rezando...
Rezando muito.

No hospital, teve que ficar amarrado na cama, porque não aceita injeções, não fica com o acesso do soro, nem os eletrodos.
Arranca tudo.
Pensamos que ele iria dormir depois de tantas convulsões.
Quem disse? Ficou agitadissmo.
Dormiu só na sexta de manhã, por 1h e meia. Não comeu.
Hoje está melhor... Comeu um pouco e dormiu algumas horas (depois de uma longa madrugada).
Parece que há uma alteração no hipocampo.
Bom, vai ficar internado para exames, observação e controle dos remédios.
A casa está tão vazia e silensiosa.
=/

As vezes ele enche o saco, dá trabalho e me bate muito quando tá agitado e agressivo.. rs!
Mas é meu motivo.
Meu amor.
Meu "irmãozinho" de 1,88 e 25 anos.

Isso também passa.


‎"Culpa de ninguém, só da vida. Mas barra não é qualquer um que segura, certo?"
CFA
________
Agradeço muito aos meus amigos que me deram tanta força nestes dias...
E até ganhei um abraço fooorte e especial hoje.
Estava precisando!

E como sei que todo mundo gosta e precisa de um abraço,

Sintam-se abraçadíssimos!

26/01/2011

Constatações.





Afinal, qual é a língua que fala o nosso coração?

Por que quanto mais tentamos, menos ele nos escuta?

Por que quando pedimos calma, ele se empolga, se joga, sem medo, mesmo sabendo que poderá ser ferido?

Já não sei mais quantas vezes disse ao meu: "Caaaalma, coraçãozinho! Não se esqueça! Se você se machuca, eu também me machuco e sofremos muito... Não vá com tanta sede..
Não acredite tanto! Não deposite tantas esperanças..."

Mas ele não me ouve.

E depois fico eu, juntando os caquinhos e tentando colar.
Igual não fica. Nunca.
Tem vários pedacinhos faltando.

Mas a gente vai seguindo em frente.
Uma hora conseguiremos consertar esse coração e sarar essas feridas.

___
E o tipo de lição que aprendemos todos os dias: Não esperar muito das pessoas.
Quando criamos expectativas e esperamos mais do que o outro é capaz de nos oferecer, corremos o risco de quebrar a cara e nos machucarmos muito.
Mas quem disse que a gente aprende mesmo?
Acreditar no ser humano é algo que está além do nosso controle.
Não consigo deixar de acreditar.
E por isso sofro as consequências....
______________

Passei um tempo com vontade mas sem ânimo para escrever.
Como disse em outro post, tenho algumas coisas escritas que não sei se irei postar tudo.

Essa aí é uma delas.

Já estou um pouco melhor.

O coração quase "inteiro" novamente.
Acredito cada vez mais no que CFA diz:
"Por isso eu acho que a gente se engana, às vezes. Aparece uma pessoa qualquer e então tu vai e inventa uma coisa que na realidade não é. E tu vai vivendo aquilo, porque não agüenta o fato de estar sozinho."

Eu realmente não gosto.
Já tem um tempo grande que estou sozinha.
Eu que sempre fui de namorar.
Então me sinto carente, de afeto, amor, de carinho, companheirismo e tudo mais... (claro que tenho isso da família, dos amigos...Mas vocês me entendem?).
Então quando uma pessoa que penso que poderá me proporcionar isso, e eu a ela, acabo indo fundo e criando expectativas.

A culpa acaba sendo minha, portanto.

Mas eu não deixo de acreditar não.
Love. Apesar, a pesar, e há pesar.

BeijOs!

19/01/2011

O pra sempre sempre acaba




- Vamos sair hoje... Eu você, o "L e a mina dele"?
- Ah, vamos. Desde que eu não leve um bolo né. Só vou começar a arrumar quando você falar que tá saindo.
- Ok. Tô saindo.

....
- Nossa, eu tava com uma saudade de você! É bom te ver assim, linda, bem...
- É... Obrigada!
- Sempre gostei de você, sabia? Do jeito que você é.
- É mas eu já mudei tanto,né J?
- Sim, mas eu sempre gostei de você de qualquer jeito.
-Ahan... (bem Blasé)
....
- Nossa eu tava com tanta saudade... - (me abraçando e apertando) - Do seu cheiro, do seu gosto, do seu corpo assim juntinho do meu...
- Mas não sou eu quem some, não é J? É vc. Sempre foi.
- Mas agora eu estou aqui. Estou perto. Eu voltei. Você sentiu saudades?
- Não. (risos)
....
Obsevava o mirante.. A grande BH á noite...
- Eu daria um chocolate, que sei que você adora, por seus pensamentos.
- Não é nada... Só pensando que o mundo é grande demais e ainda há muita coisa pra eu conhecer.
- É, eu também...
....
- Quero você. Já pensou? Quero ter um filho. Vou construir uma casinha e você vai morar comigo. E aí a gente vai casar e tem uns filhos... haha
- Hahaha! Nãão... Está muito cedo para eu me casar ou ter filhos...
- Ué.. depois que você formar ué... O que você pensa em fazer depois de formar?
- Trabalhar, trabalhar, estudar mais.. Ir para a França ou Inglaterra e estudar mais ainda... Me especializar.
- Ué... mas eu não caibo aí não? Não tem espaço para mim nesses planos não? Eu posso ir com você pra Inglaterra ou França, sei lá...
- Não.
- O quê? Nem uma brechinha?
- Não... Pra ninguém. Planos para mim mesma.
.....


São apenas alguns trechos.
Hoje eu pude perceber que passou.
Acabou.
Aquele amor platônico de adolescência, passou.
Tudo perdeu o encanto.
Não sinto mais nada, meu coração não palpita mais nem sinto frios na barriga..
Não há mais amor, não há desejo, nem mesmo aquela química e encanto todo que havia entre nós.

Passou e pronto.
Nunca será como antes mesmo...
E você tem grande culpa nisso.
Poderia ter sido maravilhoso.
Mas passou.


Não sei se há um outro alguém e isso por acaso ajudou, ou foi simplesmente por tudo o que aconteceu, todos os vacilos, todas as desculpas...

Mas seja o que for, valeu.
Desse amor me sinto livre.
______________________________

RaH



- Vamos nos encontrar?

- Já nos encontramos. Inclusive, já nos perdemos.


C F A
________

"Ele me olhava triste. Eu não suportava seu olhar triste a lembrar-me das vezes todas que o tinha procurado inutilmente pelas ruas sem encontrá-lo. Agora que o encontrava, já não o procurava. E um encontro sem procura era tão inútil como quanto uma procura sem encontro."

Caio Fernando Abreu

16/01/2011

Palavras ao vento...




Andei escrevendo tantas coisas estes dias...
Escrevi em páginas da minha agenda e até em rascunhos de mensagem do meu celular.
Escrevi coisas que precisava colocar para fora, que estavam me sufocando.
Escrevi coisas que tive vontade de dizer (ou enviar) para alguém(s) e não tive coragem.
Brotam palavras de dentro de nós quando algo incomoda.
Palavras e lágrimas.
E depois se secam.
E fica um vazio.

Um imenso vazio.

Ainda não quero colocar nada aqui.
E não sei se colocarei tudo o que escrevi.
Escrevi porque precisei.
Não podia mais guardar aquilo dentro de mim.

Talvez ninguém mais veja.
Mas foi necessário naquele momento para mim.

Agora, ainda estou tentando preencher este vazio e me distrair um pouco...

Como disse, somos paradoxais.
Num momento estamos bem e felizes e noutro péssimos.
Isso vai passar.

Sempre passa.


"Guardo pra te dar as cartas que eu não mando... Conto por contar e deixo em algum canto".
(Leoni)
______________________
"Mas para nós, que nos esforçamos tanto e sangramos todo dia sem desistir, envia teu Sol mais luminoso."

[Caio Fernando Abreu]


BeijO daqueles!

12/01/2011

Seres Paradoxais




"É refrescante tirar toda a maquiagem e ser o que sempre fomos, seres humanos, tolos e lúcidos, incoerentes e sábios, frágeis e seguros, enfim, paradoxais.
Quem não inventa sua história não reescreve seus textos.
Lembrem-se:

Não há ser humano que não tenha ou não construa seus fantasmas."

[A.Cury - O Vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anônimos]

Não é mesmo que somos extremamente paradoxais?
Mudamos de "humor" de uma hora para outra...
Podemos estar sentindo medo em determinada situação, mas arrancamos coragem e força sem saber de onde, para lutar por nossas vidas e pela de quem amamos!
Passamos de alegres a depressivos se algo acontece...
Somos explosivos em situações que pedem calma... E nos arrependemos muito depois!
Odiamos uma pessoa, mas no fundo, odiamos por amá-la tanto...
Enfrentamos situações extremas todos os dias, mas trememos de medo ante perigos imaginários...
Temos medo de amar, mas arriscamos.
Nos decepcionamos com as pessoas, mas acreditamos nelas.

Somos mesmo seres incríveis...
Ser humanos é mesmo isso.
Acreditar e viver. Apesar de. E há pesar.

_____________
Para ouvir:
Quase sem querer - Legião Urbana




Gosto d+ de Legião...
E essa música é linda!

BeeijO, amores!

08/01/2011

Aqui, nessa mesa de bar :)




"Estava sentada numa mesa do bar de sempre... Com os amigos de sempre.
Entre conversas, risos e vários copos de cerveja, seus olhos ficavm atentos ao telefone celular.
Passara o dia inteiro assim, à espera de uma ligação, um torpedo, um sinal qualquer.
Mas este não chegava e a angústia tomava conta.
Pensava na noite maravilhosa que tiveram juntos, nas palavras e carinhos trocados...
"Será que ele sumiria como todos os outros?"

Seus pensamentos foram interrompidos por um som anunciando a chegada de uma mensagem.
O coração disparou.
Apenas uma palavra bastou para que tudo voltasse ao seu lugar.
"SAUDADES..."

O coração finalmente se aquietou e um sorriso de felicidade voltou a brilhar em seu rosto."

[RaH]
_____________________________

BeijO grande e abraço apertado, meus queridos!
:D

04/01/2011

Ser Feliz



Ano novo...
Novos dias...
Calendário novinho.

E novas emoções já começam a surgir.
Este ano já começou maravilhoso para mim.
Estar em companhia de amigos; rever amigos que há tempos não via; um novo "sobrinho" a caminho (filho de uma amiga, que deve nascer em março!); meu tão sonhado estágio no Cersam; família, apesar dos probleminhas de praxe, vai muito bem, obrigada!; estou me envolvendo com uma pessoa que é muuito especial e sinceramente, tipo de homem pra casar. Hahaha! Mas claro, vamos com calma, né? Por enquanto, as coisas estão maravilhosas, estamos nos "conhecendo" e deixando rolar...
E é melhor assim.
Daqui a um tempo conto tudo direitinho. ;)
Este semestre começo a monografia. Sei que será uma correria, um desespero!
Mas é um trabalho muito bacana e essencial para conclusão do curso.
Me apaixono cada vez mais pelo curso que faço.
Decididamente, psicologia é mesmo fascinante.

Não estou fazendo planos para este ano.
Aliás, apenas aquilo que já disse.
Me dedicar um pouco mais aos estudos, à minha saúde, família, amigos...
À mim mesma.
Adquirir mais conhecimentos.
É sempre bom!
Quero viajar mais... Mas nem sei se será possível...
Portanto, poderá ficar apenas no querer.
O coração, bem. Não depende só de mim. Mas está aberto. E tranquilo.
Querendo dar umas palpitadas a mais! rs...
E é isso.
Viver com mais leveza.
___________________________
Dia desses uma pessoa me adicionou no facebook, e apesar de não conhecer, aceitei.
Um homem, chamado Jaime.
Mandou uma mensagem de agradecimento por tê-lo aceitado.
Disse que leu o blog e teceu-me vários elogios (que nem sei se sou digna de todos! haha), não só pelo que escrevo, mas pela "pessoa que sou".

Isso me deixa tão feliz! Conseguir passar para as pessoas o que sinto, o que penso, e mesmo sem que elas me conheçam pessoalmente, ser "admirada" por isso.
Me sinto grata. Muito grata. E honrada, claro!

Jaime enviou a mim uma mensagem linda que gostaria de passar a vocês:

"Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções.

Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo e amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.

Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.

Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios e períodos de crises.

Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma e agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um "não".

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós.

É ter maturidade para falar "eu errei". É ter ousadia para dizer "me perdoe".

É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você". É ter capacidade de dizer "eu te amo".

Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz...

Que nas suas primaveras você seja amante da alegria.

Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria.

E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo, pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.

E descobrirá que...

Ser feliz não é ter uma vida perfeita.

Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.

Usar as perdas para refinar a paciência.

Usar as falhas para esculpir a serenidade.

Usar a dor para lapidar o prazer.

Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Jamais desista de si mesmo!!!

Jamais desista das pessoas que você ama.

Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível.

E você é um ser humano especial!"


Portanto, meus queridos!
Felicidades à nós!
E sabedoria..
Sempre!

BeijO grande e abraço apertado!