18/01/2010

Tudo que amo..




Eu amo tudo o que foi
Tudo o que já não é
A dor que já não me dói
A antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.



[Fernando Pessoa]


Ele é incrível, não é?

11 comentários:

Desabafando disse...

Que lindooo..amei...rsrsrs..

Mågø Mër£Îm disse...

Sim, ele é incrível...rs

Luciana Klopper disse...

muito lindo, parabéns...feliz escolha

[ rod ] ® disse...

Ah senhor Fernando... o amor dói, mas recompensa!.

Bjs moça.

Namorada Girassol disse...

OlÁ Florzita,

Simplemente lindo...

Obrigada pela visita ,volte sempre!

também gostei "daqui"...



Bjk sabor novos ares...

O Profeta disse...

O troar do trovão, esta incessante chuva
As estrelas choram todas as mágoas na terra
Onde param os Anjos, porque não nos acodem os Santos
O mal e o bem porfiam esta eterna guerra

As casas do sul ruiram todas
Tal como a esperança desesperada
Toquei no rosto de uma criança triste
Senti uma paz surgir do nada


Mágico beijo

Dil Santos disse...

Oi Rah, tudo bem?
Sem comentários sobre Pessoa, é ótimo mesmo.

Bjo
:)

Desirèe disse...

Virar a página é um grande sacrifício para quem não se desprende dos sentimentos e pessoas. É difícil, mas não impossível.

Beijos.

Rafael disse...

Sim, ele é. Sim.
bjs

Eutímicas disse...

é perfeito!!! Belo blog! Um beijo

http://eutimiaasavessas.blogspot.com/

Denise Portes disse...

"Para entender nós temos dois caminhos:
o da sensibilidade que é o entendimentodo corpo;
e o da inteligência que é o entendimentodo espírito.
Eu escrevo com o corpo.
Poesia não é para compreender,
mas para incorporar.
Entender é parede;
procure ser árvore."


Manoel de Barros