06/03/2010

E então as coisas mudam de lugar..


Há alguns dias atrás (uns 4, pra ser mais precisa) escrevi isso:

"Tento me enganar e enganar aos outros, numa ilusão de que tudo está bem.
Me mostro alegre, feliz, sorridente...
Como se nada estivesse acontecendo aqui dentro.
Mas a verdade é que dentro de mim um mundo está desmoronando.
Preciso mesmo me enganar e me iludir, pois se páro por algum momento, sinto tudo desabar, tudo estremecer.
Minhas bases já não estão tão firmes.
A falta da tua presença me deixa insegura, desamparada.
A ausência da luz teu sorriso me deixa na escuridão da minha solidão.
Vejo seu rosto em todos os lugares, mas não posso te tocar.
Essa tua ausência me dói.
É como se faltasse um pedaço de mim.
A incerteza toma conta do meu ser.
Para me enganar ainda mais, tento encontrar você em outros braços, sentir teu calor em outros abraços,
mas isto não acontece. É impossível, eu sei.
Encontro um pouco de carinho, sacio algum desejo, encontro um pouco de calor...
Mas não você.
Então não é o bastante.
Não me satisfaz.
O vazio não é preenchido.

Neste vazio só há espaço para você.
Tenho fome de você. Tenho sede de você.
Todas as noites sonho com o dia em que estaremos juntos para continuar esta história, para reescrevê-la.
É onde me realizo.
Podemos escrevê-la como quisermos. Mudar o rumo...
Talvez este dia nunca chegue... E a história não tenha mesmo continuação, não tenha mais um "enredo".
Mas quero apenas mais alguns momentos com você.
Uma noite que seja.
E pronto.
Seguirei o meu caminho.
Você saberá o que sinto e levarei comigo este amor que me move, que me faz acordar todos os dias.
E guardarei na lembrança esta noite em que nos amamos, em que o sonho foi finalmente realizado, esta noite em que nada mais no mundo importava para nós...

Se serei feliz com outro alguém?
Não sei...
Como saber?
Mas ficarei aberta para isso.
Torcendo para a sua felicidade também.
Pois é isso que fazem as pessoas que amam..."



Então...
Escrevi isso para aquele alguém que mora longe de mim.. Aquele "amor antigo" inacabado.
Não postei antes porque não deu.
Mas acho que foi melhor assim, para agora contar o que houve.
Anteontem ele me disse que está vindo morar em Belo Horizonte, que é aqui pertinho de mim!
É cerca de 20min a meia hora...
Imaginem como fiquei feliz?

Quando foi ontem a noite, ao entrar no orkut, ele havia deixado um depoimento para mim.
Depoimento esse que fez meu coração disparar, respiração ficar ofegante, pernas e mãos tremerem...
E um sorriso enorme surgir em meu rosto.
Um depoimento do tipo... "declaração de amor", sabe?
Conversei com ele no msn mais tarde sobre esse depoimento, ate mesmo pra confirmar se foi ele mesmo que mandou, pois o irmão dele tem "mania"
de mexer no msn e orkut dele.
Ele disse que sim.. e que era tudo de verdade.
Que ele percebeu o quanto ainda gosta de mim, sente minha falta, tem vontade de estar ao meu lado, etc, etc, etc...

Fico surpresa, porque por mais que eu imaginasse que ele gostasse de mim, ele nunca foi de falar.
Os amigos falam, mas ele não.
É mais fechado..
Acho que por insegurança.
Medo de não ser correspondido.
Medo tolo, né?

Dormi ontem com um sorriso de orelha a orelha.
Claro que eu disse o mesmo para ele...
Até mesmo para ver se ele acaba com essa insegurança.

Espero que essa história vá para frente.
Quero muito viver isso.
É como uma segunda chance.
E dessa vez vamos fazer diferente.
Fazer valer a pena cada segundo...

Hoja estou feliz.
E de verdade.
E ansiosa..!

BeijO

_____________________________________________

"..E nossa história
Não estará
Pelo avesso assim
Sem final feliz
Teremos coisas bonitas pra contar
E até lá
Vamos viver
Temos muito ainda por fazer
Não olhe pra trás
Apenas começamos
O mundo começa agora, ahh!
Apenas começamos."


[Metal contra as nuvens - Legião Urbana]

11 comentários:

Luciana Klopper disse...

Que lindo!!! que felicidade vc deve estar sentindo..eu acredito muito numa palavra, que lendo sua história me faz crer ainda mais: Destino!
bjs

Desabafando disse...

que bom ler isso. Sinal que vcs estavam em sintonia e que ele estava desejando coisas parecidas com o que vc escreveu. Que vcs se acertem e continuem felizes.

Cavaleiro dos Dragões disse...

Ei flor!
A vida é um reencontro de amores imperfeitos e inacabados!
Que bom vc estar buscando o seu e sendo buscada tambem
Um beijooo torcendo por vc!

Emilie Souza disse...

que poema bonitinho.
eu li até o fim. =)
também gosta de alguém que está longe.

Deni Maciel disse...

que sentimentalismo e textuaidade envolvente querida
parabens
cada vez mais agradavel vir aki e ler esses relatos que aumentam nosso nstinto de sensibilidade e entendimento a coisas "diferentes" ou "inusitadas".

dia da mulher..entao farei coisas só d mulher.
vou lavar louça
vou escovar o cabelo / depois os dentes
vou falar o dia todo ¬¬
vou assitir Viver a vida
vou pintar a unha
vou pintar meu cabelo de rosa
e no dia seguinte me arrpender kkkkkkk
vou parar por aqui se não eu me revelo
ui***

abraços e ótima semana!

Vanilla disse...

Que lindooo...
Amei!
Felicidade pra vc Rah.

Vanilla disse...

Rah
\o/ eba nosso dia neh
beijooo

Everton Domingues disse...

Oi Raisa

Vim te oferecer um carinho especial. Já q mulheres são a mais doce inspiração em nossas vidas. Sejam mães, amigas, irmãs de fé, companheiras, divas... exemplos! Vcs cativam a todos nós homens pelo coração.
Bj enorme cheio de carinho em seu coração, Raisa.

Everton

PS.: No www.vancouverolimpica.blogspot.com deixei uma singela homenagem a todas as campeãs da vida!

meus instantes e momentos disse...

que bom voltar aqui,
que bom ler voce.
belo post.
maurizio

Adriano Dirribeira disse...

Olá, gostei muito daqui, tanta sensibilidade , fiquei preso ao texto, me vi em alguns momentos nele.. O amor é incrível mesmo! Encanta a gente! :)
Mas quando sentir vontade de escrever algo sobre alguém escreva e mande para ele... é muito bom ler o que o coração do outro diz.
Vai dar td certo, tenho certeza =D

Dil Santos disse...

Oi Rah, tudo bem?
Menina, lindíssimo, fico super feliz por vc estar numa fase tão bela.
Temos que estar em constante movimento, a vida ñ vai parar para que as coisas caiam em nossos colos, rs
Desculpe o sumiço, a demora em voltar, mas nos últimos dias estava numa correria daquelas, rs.
Bjo
:)