30/09/2010

Feito Borboleta





Você pode ir embora e nunca mais ser a mesma.
Você pode voltar e nada ser como antes.
Você pode até ficar,pra que nada mude,mas aí é você que não vai se conformar com isso.
Você pode sofrer por perder alguém.

Você pode até lembrar com carinho ou orgulho de algum momento importante na sua vida: formatura,casamento, aprovação no vestibular ou a festa mais linda que já tenha ido,mas o que vai te fazer falta mesmo,o que vai doer bem fundo,é a saudade dos momentos simples:
Da sua mãe te chamando pra acordar,do seu pai te levando pela mão,dos desenhos animados com seu irmão,do caminho pra casa com os amigos e a diversão natural...

Do cheiro que você sentia naquele abraço,da hora certinha em que ele sempre aparecia pra te ver,e como ele te olhava com aquela cara de coitado pra te derreter.

De qualquer forma,não esqueça das seguintes verdades:
Não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma;

Cuidado com o que anda desabafando;
Conte até três (tá certo, se precisar, conte mais);
Antes só do que muito acompanhado;

Esperar não significa inércia,muito menos desinteresse;
Renunciar não quer dizer que não ame;
Abrir mão não quer dizer que não queira;
O tempo ensina, mas não cura.


[Martha M.]
____________________________

As vezes paro e olho para trás e vejo o quanto já mudei.
Digo que sou meio borboleta.
Sou metamorfose.
Quando vejo que algo não vai muito bem, me fecho em meu casulo para me transformar em outra borboleta e poder novamente "voar".
Estou bem hoje.
Sei que não será sempre assim, mas não penso nisso.
Quero pensar no agora.
Sinto necessidade de um Amor, e apesar de estar sentindo algo por alguém, ainda não estou vivendo isso.
Mas também não tenho tanta pressa.
O que tiver que acontecer vai acontecer. E o que não tiver... Bem, paciência.
A vida é assim mesmo.
E as coisas nem sempre acontecem como a gente gostaria.
Mas aí é que está a graça da vida. No inusitado.
Nas coisas que não esperamos, que não planejamos.
E estou aproveitando muito bem as coisas boas que a vida está me dando.
rá! =D

As lembranças serão sempre guardadas, as feridas já estão sendo cicatrizadas, as "dores" já são bem menores agora...
Não sei por quanto tempo isso irá durar, mas quero viver.
Estou bem comigo mesma, e procurando SEMPRE evoluir um pouco mais.
Estou cada dia aprendendo a gostar mais de mim.
E isto está me fazendo muito bem!

BeijO

10 comentários:

meus instantes e momentos disse...

que bom conhecer teu blog.
tenha um feliz final de semana.
Maurizio

Evelyn Oliveira disse...

Olá, estou dando uma passadinha para desejar um ótimo fim de semana e avisar que hoje eu postei um vídeo super importante no blog, então se você puder vê-lo e divulgá-lo, ficarei muito contente!

Obrigada pela atenção!
/cupcakerock.blogspot.com

Poliana Fonteles disse...

"Porque voar é verbo de borboleta"

Adorei ler você... escreve com a alma... seu texto tem asas...

TE Abraço com carinho!

Vou voltar, posso?

Desabafando disse...

Mas as melhores coisas surgem de forma espontanea e de onde menos esperamos...continue receptiva as mudanças que naturalmente tudo se acerta.

vibailarina disse...

Sábias palavras

Nina disse...

Amei seu blog. Amei mesmo! Seus textos são maravilhosos! Tá de parabéns!!!

Tô seguindo


Bjos no coração

Nina

http://doce-meio-amargo.blogspot.com

Déia disse...

Temos que viver nessa metamorfose...e buscar coisas novas sempre!

bj

_MANUROCKER_ disse...

Gostei muito do seu blog (: Eu ja to seguindo , espero que voce visite o meu um abrasso :)

Luciana Klopper disse...

Lindo, tb to como borboletas

Luciana Klopper disse...

Amei!