19/09/2010

Nostalgia da infância!



Tenho algumas boas lembranças de quando era criança.

Lembro de um aniversário de 4 anos (juro!) que meu tio/padrinho fez uma festa pra mim quando meu pai e avós paternos e ele moravam em Divinópolis. Meus pais já eram separados e eu ia pra lá de férias. Nessa festa eu estava com um lindo vestidinho amarelo rodado com um laço nas costas.. haha!

A casa cheeeeia de crianças... Na hora que estourou o balão de balas, eu, que era a aniversariante, tive que pedir ajuda pro meu pai porque não consegui pegar quase nenhuma. Lembro do meu pai agachado, perto de mim, com a mão cheia de balas enchendo meu copinho...

Apesar de não conhecer muita gente que estava na festa, estava rodeada de gente, era seguida pelas crianças, porque meu padrinho havia me dado um boneco do Cebolinha que dançava quando tocava alguma música ou quando batíamos palmas. Todo mundo queria ficar perto, “dançando” com o Cebolinha. rs.

Na época que meu pai morava em Divinópolis, ia pra lá de férias e minhas primas também iam e a gente ficava junto com meu pai e meu tio/padrinho deitadas no quarto assistindo TV e comendo salsicha. Ou brincando na horta da minha vó lá embaixo. Era a melhor coisa do mundo pra mim.

Uma das vezes que estávamos brincando na horta, uma casinha de marimbondo caiu e as 3 ficaram cheeeias de picadas. Hahahaha.... Minha avó ficou doida.

Era tão bom... Sempre que eu ia pra lá, meu avô encomendava uns 3 queijos, pois eu sempre fui apaixonada por pão com queijo frito! Mimos de avô...

Quando tinha 6 anos as lembranças boas de Divinópolis foram interrompidas, e acrescentadas a elas uma lembrança ruim, com a morte do meu tio/padrinho. Também não me esqueço deste dia. Mas prefiro não pensar muito nele...

Meu pai e avós mudaram então para Itabira. Já em Itabira lembro de ir quase que todo dia para o clube perto de casa, eu, minhas primas e uma amiga com quem mantenho amizade firme até hoje. Lembro da gente ligar na rádio pedindo músicas e mudando os nomes, para que o cara da rádio “não descobrisse” que éramos nós de novo. Rs.

Quando criança meu avô me comprava chocolate Laka todos os dias. E brincava fazendo caretas, contando piadas...

Lembro dos almoços em família!
Aaah os almoços... Minha prima que é 1 mês mais velha que eu, sempre derrubava o copo de refrigerante...A irmã dela, 1 ano e meio mais velha que nós, era a “advogada” do meu avô, defendendo inclusive nas coisas erradas. Haha...

Hoje não temos mais tanto contato...(é uma pena que as coisas tenham mudado tanto!)

As lembranças de Betim também são maravilhosas. Festas da família que é enorme!
Os primos reunidos... As brincadeiras... Os natais esperando “Papai Noel chegar”.

Saudades das brincadeiras que eram realmente brincadeiras de criança, nas ruas, de pés descalços...
Saudades dos desenhos! Que manhãs deliciosas...
Saudades dos brinquedos, das rodinhas de amigos jogando tazzo, trocando figurinha, brincar de boneca com a amiga, fazer roupinha pra barbie, cozinhar! haha...
Brincar na areia... Pegar abelhas...
Machucados que eram sarados com merthiolate que ardia, ou mercúrio que deixava todo laranjado.. rs.
Os dentes que caíam, ou eram arrancados e a gente corria para mostrar para a mãe e pra vó, que tem um monte guardado até hoje.. (coisa de vó! kkk)

São tantas lembranças...


Saudades de ser Criança..!


BeijO


"Todos têm uma criança alegre dentro de si, mas poucos a deixam viver."
( Augusto Cury )

"Só as crianças e os velhos conhecem a volúpia de viver dia-a-dia, hora a hora, e suas esperas e desejos nunca se estendem além de cinco minutos..."
( Mario Quintana )

4 comentários:

Desabafando disse...

fiquei lendo suas lembranças, sorrindo e resgatando as minhas lembranças..rsrsrs...acho que a mais antiga é de quando eu tinha 3 e meu pai me levou ao hospital para ver meu irmão que tinha nascido.

Thaís Winck disse...

As crianças são os seres mais inocentes, verdadeiros e capazes que eu conheço!
pena que a sociedade as destroi com o passar dos anos!
Mas, essa sociedade não é as crianças de antigamente?
eu nem sei mais!
essa inocencia
essas nostalgias da infancias
nao sei mais o que é!
adorei o post
me fez refletir bastante
beijoos
http://thaiswinck.blogspot.com/

Butterflies disse...

Tenho saudade de quando não nos impostávamos sobre o que a pessoas pensaria sobre a gente e agora vivemos tomando cuidado para não pensarem coisas ruins sobre nós. As melhores lembranças concerteza são da infância.

Mariana disse...

Rah, simplesmente amei.
Me fez voltar aos meus tempos de criança também.
Posso dizer que aproveitei!
Aprontei muito..
Brinquei muito...
Tinha essa coisa de estudar, mas não como hoje, né?
Hoje os pais metem os filhos em um monte de coisa e as brincadeiras são video-games, computadores...
Não há mais aquela diversão de antes, aquela inocência dos nossos dias.
Saudade de ser criança também!
Obrigada pelo post...
Obrigada pelas lembranças!
Beijão