26/09/2010

Oi tum tum, bate coração!




"Quis evitar teus olhos,
Mas não pude reagir.
Fico à vontade então!
Acho que é bobagem
A mania de fingir
Negando a intenção.

Quando um certo alguém
Cruzou o teu caminho
E te mudou a direção...

Chego a ficar sem jeito,
Mas não deixo de seguir
A tua aparição!

Quando um certo alguém
Desperta o sentimento,
É melhor não resistir..
E se entregar!

Me dê a mão,
Vem ser a minha estrela...

Complicação,
Tão fácil de entender!
Vamos dançar,
Luzir a madrugada...
Inspiração,
Pra tudo que eu viver!

Quando um certo alguém
Cruzou o teu caminho
E te mudou a direção...

Quando um certo alguém
Desperta o sentimento,
É melhor não resistir!
E se entregar!"

___________________________________

Um certo alguém está surgindo...
Não posso dizer já exista alguma coisa, mas que há uma sintonia, aaah, isto sim!
A gente não tem nada um com o outro, não ficamos, não nos beijamos.rs.
Sei que posso estar sendo precipitada, e estou tomando cuidado com isso.
Mas quando a gente se viu pela 1ª vez, alguma coisa aconteceu.
E eu sei que ele também "gostou" de mim, pois já me falaram isso.

A gente ta se conhecendo aos poucos...
Temos uma certa convivência, nos vemos 2 vezes na semana (ele faz natação comigo), então apesar de ser por pouco tempo, é muito bom este tempinho que a gente passa junto, o que conversamos, etc.
E sempre fico "mais alegre" nestes dias.
Como diz a raposa de "O pequeno príncipe": '- Se tu vens,por exemplo,às quatro da tarde,desde às três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando,mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas então,estarei inquieta e agitada:descobrirei o preço da felicidade!'

Não estou empolgada no sentido de ficar imaginando que ele sente o mesmo por mim ou não, que a gente vai ou não ficar junto, etc e tal...
Nisto estou me controlando exatamente para não sofrer, para não quebrar a cara.
Não posso contar com o que não tenho certeza, né?
Vou com cuidado, afinal, tenho minhas cicatrizes e sei o quanto meu coração é/está frágil ainda. Sei o quanto leva tempo para cicatrizar as feridas.

Mas estou "feliz", se assim posso dizer, por estar sentindo isso, por estar novamente sentindo essa sensação gostosa por alguém, sentindo o coração bater, a face ficar rubra, o sorriso que não sai do rosto enquanto conversamos...A ansiedade pelo encontro!

Algo que nos mostra que ainda estamos vivos.

Se irá acontecer alguma coisa daqui pra frente, só o tempo dirá.
Estou vivendo minha vida, aproveitando, saindo com meus amigos, conhecendo outras pessoas, me divertindo, e me deixando envolver com outras pessoas também.

Deixa rolar, deixa acontecer, deixa estar...!
___________________________________

"Sentir de novo o coração bater e a paixão acontecer..."

3 comentários:

Thaís Winck disse...

"Deixa rolar, deixa acontecer, deixa estar...!"
Amei!
Realmente
temos que deixar rolar as coisa como devem ser, naturalmente.
Adorei o poema. Me lembrou a muitas coisa, meu coração acelerou, minha respiração aumentou.
Tens um blog lindo!
Beijos!

Desabafando disse...

Ah que coisa boa ler isso...a paixão sempre surge de onde menos esperamos né? Aproveite essa etapa e deixe as coisas acontecerem naturalmente.

Mariana disse...

HMMMM! que liiiindo!
Que doce!
E me fez arrepiar também..
=D