22/11/2010

Papo de balcão




- Senhor garçom, por favor, me traz uma vodka, um cinzeiro, porque eu preciso fumar, e também um garfo pra eu comer este pedaço de torta de chocolate?

...

- Garçom, diga-me uma coisa... O que o senhor sabe sobre o Amor?

- Sei tudo e sei nada. O Amor é tão complicado. Não há modos seguros de descrevê-lo. - Disse ele servindo-a de outra dose de vodka. - Mas e você, o que sabes sobre o Amor?

Ela suspira... Uma lágrima escorre dos olhos já borrados.

- Sei que todas as vezes que provei dele, ele foi como uma vodka: quando o experimentamos, parece saboroso, límpido, puro. Mas aí tudo passa.

E o que fica é apenas aquela puta ressaca moral...

[Rah]
______________________

6 comentários:

Andressa Keka disse...

forte.
intenso.

fiquei sem palavras!

Apenas Tici... disse...

Nossa!!! Tbm fiquei sem palavras!!

Parabéns mesmo!

Beijos

Tatiane Lemos disse...

Menina, sabe que nunca havia feito essa comparação, mas acredite, deve ser igulazinho mesmo...

Beijos

Poliana Fonteles disse...

Adorei a comparação! não tinha pensado nisso...

Abraço com carinho!

Camila Márcia disse...

Simplesmente Fantástico!!!!!!!!!
Tô sem palavras... a verdade é fascinante.... Já me sneti assim

Daaý Brunett´S disse...

Sem palavras tambem...
Otima comparação
beeijos e sorrisos