07/03/2011

Meu "nome" é Intensidade...




Acho que preciso parar com essa coisa de sentir tanto.
Essa minha intensidade faz com que tudo que eu sinto seja maior, em dobro.
Amar demais...
Odiar demais...
Sofrer demais.. (até por coisas que não valem a pena, ou que nem são tão reais assim).

Este último ganha destaque por causa desse meu jeito.

As vezes tudo que eu queria é que as pessoas entendessem e pudessem sentir como eu sinto.
Ou então, que eu simplesmente não sentisse tanto. Que fosse mais "dura", que eu pudesse controlar meus sentimentos.

Tudo seria bem mais fácil e menos doloroso...

E essa minha mania besta de criar expectativas demais em relação as pessoas, talvez nem existisse.

Acho que eu seria uma pessoa mais fria se fosse realmente assim...
Mas as coisas como são, como acontecem, já me fazem ir me fechando em meu casulo.
Talvez por medo de as pessoas não entenderem, se assustarem, ou mesmo de não poderem corresponder.
É um risco que corro sempre.

Estou de saco cheio de derramar lágrimas que parecem de sangue.

Estou de saco cheio dessa angústia, do coração apertado e falta de ar.

Estou de saco cheio dos questionamentos de sempre...

Queria poder deixar pra lá, jogar tudo pro alto, não me importar...
Mas não consigo.
_____________________________________

"E lá vou eu, nas minhas tentativas, às vezes meio cegas, às vezes meio burras, tentar acertar os passos."

Caio Fernando Abreu


Ps: Eu estou bem... Só incomodada com estas coisas de sentir tanto, de criar expectativas demais, de ficar ansiosa, de sonhar demais.

BeijOs!

5 comentários:

Andressa Tavares disse...

Minha amiga!
Sinceramente eu acho que todos nós temos que nos permitir sentir.
E sentir demais ás vezes dói, mas é só assim que a gente aprende.
É difícil aceitar MAS as vezes só aprendemos a andar quebrando as pernas!

Beijo,
saudade!

-
Eu to super bem, carnaval passando em casa.. alguns acontecimentos e tal.. mas nada demais!
Chega de Felipe! (Ele tá namorando!)kkk
E você? Tá bem?

Desabafando disse...

POis olha so, eu te entendo perfeitamente porque sou exatamente igual...e tb sofro pra caramba por isso. Se encontrar uma forma de amenizar compartilha comigo??

Paulus disse...

Adorei o texto, eu me identifiquei com cada linha, cada palavra escrita por vc. Vc é especial, não desista d ser quem vc é, sua essência é mais importante...

Suzi Lima disse...

De novo: faz um século que não apareço por aqui...=(
Desculpe...estou em falta com muitos blogueiros...
mas..estou voltando aos poucos..

ei, esse negócio de SENTIR MAIS é um problema...é por isso que sempre me fecho...é melhor,sabe? Sofrer não ajuda. Atrapalha a nossa vida.

Anônimo disse...

Me identifiquei com tudo que voce falou. Sou igual a voce, sinto demais, e as pessoas as vezes (quase sempre) nao sentem como nós, e isso dói.. (eu acho que sei o que aconteceu com voce..)