23/03/2011

Quase sem querer



"Tenho andado distraído,
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso.

Só que agora é diferente:
To tão tranquilo
E tão contente.

Quantas chances desperdicei
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém.


Me fiz em mil pedaços
Pra você juntar
E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia.

Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira.


Mas não sou mais
Tão criança a ponto de saber tudo.
Já não me preocupo
Se eu não sei porquê

Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê
E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu vejo o mesmo que você.

Tão correto e tão bonito
O infinito é realmente
Um dos deuses mais lindos.

Sei que às vezes uso
Palavras repetidas
Mas quais são as palavras
Que nunca são ditas?


Me disseram que você
estava chorando
E foi então que percebi
Como lhe quero tanto.

Já não me preocupo
Se eu não sei porquê
Às vezes o que eu vejo

Quase ninguém vê
E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu vejo o mesmo que você"


_________________
Linda né?
:)

Estou mesmo de cabeça quente estes dias...
Angustiada com a monografia..
Quanto mais escrevo, mais vejo que ainda não escrevi nada!
=/

Mas de pouco em pouco ta andando..

BeijO enorme a todos...

3 comentários:

Andressa Tavares disse...

Minha floooooooooooooooor ♥
que saudade de você!
Olhe, paciência viu com essa monografia, não faça que nem eu que tenho taquicardias com minhas aulas de sociolinguistica.

Você tá bem?
Tirando tudo isso?
Seu irmão tá melhor?
se cuuuuida ♥

Vanilla disse...

Oi lindinha!
Anda sumida, passei pra te dizer um oi e deixar um beijoo!
Cuide-se!

Brunett´S disse...

Reação em cadeia neh?
Linda essa música!!
Florzinha mais que saudades gigantes...
ei vai dar tudo certo! Pensa positivo, e melhor pensa que Deus tá com vc!
Xero ;)