11/02/2012

Das minhas bagunças e dos prazos de validade


A gente corre o risco de errar ainda mais tentando acertar as coisas.
Certas coisas devem ser como são.
Tentar arrumar a bagunça pode ter efeito contrário.
As vezes é melhor deixar pra lá.
E esperar que tudo volte ao seu devido lugar.

Leva tempo.
Mas elas acabam voltando. Ou sumindo de vez.

Num outro momento, você pode olhar pra'quele cantinho bagunçado e se livrar do que realmente não te serve mais.

E assim abrir espaço para que coisas novas possam ocupar aquele lugar.
Assim também são os sentimentos...

As vezes a gente sente tudo bagunçado.
Mas com o tempo, somos capazes de perceber aquilo que nos faz bem ou não.
Aquilo vale a pena, que pode valer, e o que já passou do prazo de validade.

Um comentário:

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!
É um grande prazer conhecer seu blog e poder ler o que escreves.
Acredito que quando escrevemos com prazer conquistamos amigos e fiéis amantes das palavras. Sabemos o quanto é difícil levar a nossa voz, as nossas angustias os nossos sonhos às pessoas. Mas o mais importante é saber que você e eu gostamos daquilo que fazemos.E acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos.
Grande abraço
Se cuida