06/07/2012

Pedra que brilhou muito.


"Se eu ganho um beijo seu eu vou até o céu (...)"

Assim como essa música me traz boas recordações, estar em Itabira ('pedra que brilha')
me faz lembrar de uma época muito boa em minha vida.
Em cada canto tenho uma lembrança boa, engraçada,
de um tempo que as preocupações eram outras,
que tinha tempo para quase tudo, 
que ria muito com os amigos,
que amava muito.
Um tempo que se pudesse, voltaria para viver ao menos um dia.
Hoje estamos 'crescidos' e mais responsáveis, cheios de preocupações.
Os amigos continuam amigos, só que mais distantes e 'sem tempo'.
Os amores, bom, foram ficando pelo caminho, carregando um pedaço de mim.
Vez em quando reencontro alguns destes pedaços.
E é tão bom! É como se voltasse no tempo sem voltar de fato.
É recordar de uma Raisa que ficou lá atras, mas ainda vive um pouco na Raisa de hoje.
E que vive também em algumas pessoas.
Estar em Itabira me traz recordações e saudades.
De um tempo que se foi, de amigos que trilharam outros caminhos,
da vida menos complicada, das poucas responsabilidades,
dos amores, dos lugares,
mas também muita, MUITA saudade do meu avô que se foi em fev. deste ano.
Hoje sou uma pessoa diferente e mais 'madura',
mas os sentimentos e as lembranças ainda vivem em mim.

Nenhum comentário: